Top 10 do que fazer em San Andrés

Home/Destinos/América do Sul/Colômbia/San Andrés/Top 10 do que fazer em San Andrés

Top 10 do que fazer em San Andrés

Top 10 do que fazer em San Andrés? Saindo do avião, a melhor carta de apresentação de San Andrés é o seu mar de sete cores. De facto, o Arquipélago foi escolhido como o melhor destino de Sol e Praia nos World Travel Awards de 2014, 2015 e 2019.

Isto significa que não poderás perder, por nenhum motivo, a beleza natural das ilhas e as duas praias paradisíacas.

Entre as melhores praias da ilha encontra-se Spratt Bright, localizada no setor comercial de San Andrés. Está rodeada por um passeio à beira-mar repleto de restaurantes, hotéis, bares e lojas. Os mais de 2 quilómetros de extensão proporcionam várias atividades desde, simplesmente, apanhar sol até desfrutar dos desportos náuticos como o kitesurf e o jetski.

Também poderás conhecer a Sound Bay, uma praia afastada do bulício citadino que se encontra no meio da zona onde habitam os naturais da ilha. 

Outra praia importante é Cocoplum, que se encontra protegida por uma barreira de coral e cujo mar calmo e águas cristalinas a transformam num local ideal para passar um dia tranquilo com os mais pequenos da família Além disso, a pouca profundidade das suas águas permite caminhar até Rocky Cay, um recife rochoso rodeado de vida submarina, a cerca de 200 metros da margem.

Não deverás deixar de visitar o Aquário, um conjunto de recifes composto por Haynes Cay e por Rose Cay. No primeiro recife, de origem coral, encontram-se restaurantes de comida típica e mostras da fauna caribenha. O segundo recife é um banco de areia que aumenta e diminui segundo o vaivém das marés.

As suas águas cristalinas foram reconhecidas como aquário natural, pois a partir da margem podem ser levadas a cabo atividades de snorkeling (mergulho em apneia) sem ser necessária qualquer experiência.

Durante a tarde é feito um por do sol em frente ao recife de Tour Mantarraya onde os assistentes têm a oportunidade de alimentar mantas em liberdade, que chegam aqui às dezenas.

É também muito interessante visitar o Jardim Botânico, um espaço de 8 hectares no centro da ilha, onde o ar puro e fresco é rei. Aqui poderás observar a vegetação que sobreviveu desde a era dos dinossauros, bem como outras plantas nativas.

Igualmente, a ocidente da ilha encontra-se o parque Westview, à frente da zona de La Piscinita, um bom local para mergulhar. Aqui encontra-se a Cueva de la Sirena e as famosas cabanas construídas com a aromática madeira de coco. Neste local poderás nadar e percorrer um parque ecológico onde são cultivadas frutas como manga, tamarindo, ananás e ameixa, para além da árvore do pão. Com estas frutas são preparados doces e sobremesas que também poderás comprar aqui.

Por fim, vale a pena desfrutares das atrações da ilha tais como a Cueva del Pirata Morgan onde, segundo reza a lenda, este pirata guardava as riquezas que roubava aos espanhóis. 

Experiências únicas

Experiência única é visitar Johnny Cay. Poderás chegar a este local após 15 minutos a bordo de um barco que navega nas águas tranquilas do mar de San Andrés.

A ilha de Johnny Cay é famosa pelas suas praias tais como a Bahía Sardina que possui uma areia branca que abraça a verdura das palmeiras existindo, por debaixo delas, uma sombra fresca onde poderás provar excelentes mojarras fritas (peixe) com banana bem como cocktails deliciosos tais como o tradicional cocoloco. As praias são perfeitas para caminhadas e até mesmo para dares uma volta à ilha; nalgumas zonas sobressaem corais exóticos que formam belas poças de água.

A música do local é o reggae e as cores que o enfeitam são as cores da bandeira rastafári. Pisar o solo de Johnny Cay é deixar-se levar pelo vaivém da música e desfrutar deste paraíso juntamente com os ilhéus, que recebem os visitantes no meio de sorrisos e brincadeiras.

Outra grande experiência consiste em conhecer as ilhas de Providencia e de Santa Catalina, classificadas carinhosamente como ‘O tesouro escondido das Caraíbas ocidentais’ pela sua beleza natural e pela sua riqueza marinha.

Para chegar a Providencia poderás apanhar um avião a partir de San Andrés que demora mais ou menos 20 minutos ou apanhar um catamaran que faz o mesmo percurso em aproximadamente três horas.

Uma vez aí chegado, poderás ir facilmente para Santa Catalina atravessando a Ponte dos Namorados, uma estrutura flutuante de 150 metros de comprimento que, segundo a lenda, assegura o amor eterno dos casais que a atravessam juntos.

Em Providencia e Santa Catalina poderás desfrutar de paisagens incríveis, praias maravilhosas e dias divertidos de mergulho.

Por fim, deleita-te com os típicos sabores do Arquipélago, tais como os mariscos, o peixe, a torta de banana e as empadas de caranguejo. 

Atividades que você não pode perder

Em San Andrés poderás levar a cabo grande atividades, como nadares entre cerca de 300 mantas. desfrutar do Aquário, um tanque em mar aberto que expõe a diversidade das espécies marinhas da zona; e apreciar o mar das sete cores do Arquipélago bem como as suas praias paradisíacas protegidas pela barreira de coral.

Os mais aventureiros têm também muito com que se ocupar em San Andrés, pois poderão praticar snorkel, kitesurf, windsurf e jetski bem como mergulhar em recifes de coral que permitem uma visibilidade que ultrapassa os trinta metros. 

Outra grande opção será alugar um carro para desfrutares da paisagem da ilha enquanto a percorres. Encontrarás em San Andrés muitas opções para o aluguer de automóveis.

Desta forma poderás chegar também às zonas comerciais, onde encontrarás qualquer tipo de produtos de alta qualidade a preços muito competitivos.

E à noite poderás desfrutar da festa de San Andrés, repleta de alegria e de ritmos tropicais, em discotecas de classe mundial. 

#Fica a dica do Chico

  • Pela sua localização no mar das Caraíbas, San Andrés possui um clima paradisíaco As temperaturas oscilam entre os 26 e os 29°C durante o ano, sendo que tanto no verão como no inverno, a temperatura média é de 27 ºC.
  • Não te esqueças que a época seca decorre entre dezembro e maio, enquanto a época das chuvas vai de junho a novembro. É claro que a época seca será melhor para a tua viagem, mas não te preocupes pois a chuva não é forte nem persistente e não irá estragar a tua estadia. 
  • Lembra-te que os turistas que viajam para San Andrés devem comprar o respetivo cartão de turismo no balcão de atendimento da sala de espera do voo. Verifica o montante com antecedência. Além disso, tem em atenção que este cartão terá que ser pago em numerário. 
  • Finalmente, deverás saber que não é difícil encontrar alojamento em San Andrés pois a ilha possui uma vasta oferta hoteleira que inclui opções tais como hotéis resort, hotéis boutique e pousadas locais, as quais são casas de valor histórico-patrimonial ou pertencentes à população local servindo como alojamento turístico representativo e tradicional da ilha. 

Com estas simples indicações será fácil sentires o ritmo de San Andrés, um autêntico paraíso das Caraíbas que espera por ti. Estamos à tua espera!

Comments

comments

Did you like this? Share it:

Sobre o Autor:

Leave A Comment