Muro das Lamentações em Jerusalem Israel

Home/Destinos/Asia/Oriente Médio/Israel/Muro das Lamentações em Jerusalem Israel

Muro das Lamentações em Jerusalem Israel

Muito mais que um muro…

Você escuta histórias de que por anos, pessoas de todo o mundo vem a Jerusalém lamentar a perda deste grande templo. Templo? Que templo? Não vamos falar sobre um murro? Oras… o Templo de Jeová erguido por Salomão, filho do rei Davi, aquele mesmo que lutou contra Golias. Dentro dele, conta as escrituras, foi colocado a Arca da Aliança. 

O Primeiro Templo 

Primeiro Plano

Desde já não se confunda. Existiram no local dois templos. O chamado Primeiro Templo foi destruído pelos babilônios no ano de 586 a.C., e uma nova construção se deu a partido do ano 516 a.C.. 

O Segundo Templo 

A princípio, a estrutura era um grupo de construções simples, mas no reinado de Herodes o Grande (37 a.C. a 4 a.C.) foi completamente reformulado, com grandes estruturas e prédios imponentes. Daí ser também conhecido como Templo de Herodes.

No ano 70 d.C, o Segundo Templo também foi destruído pelo general romano Tito, que recebeu a tarefa de sufocar uma revolta na então Judeia. Jerusalém acabou sendo incendiada e, do templo, sobrou apenas o Muro. O general romano, que depois se tornaria imperador, teria deixado a parede de pé para que o povo judeu não se esquecesse de que Roma vencera a guerra — daí viria a expressão Muro das Lamentações.

Muito mais que um Murro

Os judeus, porém, encararam o fato como o cumprimento de uma promessa divina segundo a qual sempre ficaria de pé ao menos uma parte do Templo, símbolo da aliança de Deus com o povo de Israel. Assim, o Muro se tornou local de veneração e já remonta a vários séculos a tradição de colocar nas reentrâncias entre as pedras papéis com orações e pedidos. 

As divisões do atual Murro 

O muro tem três seções — a leste, a oeste e a sul. Na parte oeste fica o local oficial de orações, por isso seu nome em hebraico é “Hakotel Hama’araví”, ou Muro Ocidental

Murro Ocidental 

O Muro das Lamentações é sagrado para os judeus devido a ser o último pedaço do Templo pelos lados sul e leste. Além disso, o muro é o lugar mais próximo do sancta sanctorum ou lugar “sagrado entre os sagrados” (1 Reis 8:6-8). Das três secções do muro, a do leste, do sul e do oeste, a do oeste é o lugar tradicional de oração (daí o seu nome em hebraico, Hakótel Hama’araví, “o Muro Ocidental”).

Para Saber Mais…

O Rei Salomão

Salomão na passagem da divisão do Bebê

Saiba mais sobre o Rei Salomão aqui em MundodeChico.com

Judeus em todo o mundo oram em direção a Jerusalém e judeus em Jerusalém oram em direção ao Templo. Segundo a tradição judaica, o Monte onde está o Templo de hoje é o lugar de onde a criação se espalhou e de onde o primeiro homem foi criado. 

A famosa história bíblica da ligação de Isaac também aconteceu aqui e o primeiro e o segundo templos foram construídos em torno da área do Monte do Templo.

Dezenas de milhões de visitantes visitam o Muro das Lamentações todos os anos – crianças atingindo o marco da era Bar / Bat Mitzva; soldados juram em cerimônias; turistas; locais; judeus; não judeus; jovem; idosos e famílias. Está aberto todos os dias do ano, 24 horas por dia e você é bem-vindo e incentivado a experimentar essa relíquia antiga, fonte de desejo e inspiração, e a colocar uma nota de pedido, agradecimento ou elogio em suas rachaduras, conforme praticado pelos visitantes.

# Fica a dica do Chico 1

A gente encontra centenas de pessoas de diferentes nacionalidades e religiões abrindo seus corações com orações, acreditando que o muro possui um enormesignificado espiritual. E é uma tradição para as pessoas que visitam o local escrever uma nota e colocá-la nas rachaduras do Muro das Lamentações, porque acredita-se que a mensagem será levada a Deus. Escreva a sua também…

# Fica a dica do Chico 2

Há uma falta de estacionamento na área, portanto é recomendável o transporte público – os ônibus 1, 2 e 38 chegam ao Muro das Lamentações.

No Shabat e nos festivais judaicos, é proibido fumar, tirar fotos ou usar um telefone celular; portanto, é respeitoso evitar o uso desses dispositivos.

Animais de estimação não são permitidos no Western Wall Plaza. 

O vestido deve ter saias de significado modesto até o joelho, mangas até o cotovelo e sem tops decotados.

Muitas vezes você encontrará pombas, que são um símbolo de paz, descansando nas rachaduras desta estrutura impressionante.

Comments

comments

Did you like this? Share it:

Sobre o Autor:

Leave A Comment