Mar da Galileia em Israel

Home/Destinos/Asia/Oriente Médio/Israel/Galiléia/Mar da Galileia em Israel

Mar da Galileia em Israel

O Mar da Galileia (o Kinneret) é uma magnífica maravilha geográfica. Mas é impossível não lembrar a razão por ser tão famoso, e aí lembramos que este foi um dos cenários para os escritos do Novo testamento.

Hoje o Mar da Galileia possui ruínas arqueológicas ao lado de muitos assentamentos pioneiros em Israel, bem como locais religiosos, cidades modernas e atividades intermináveis ao ar livre.

O mar da Galileia fica a 213 metros abaixo do nível do mar Mediterrâneo e é considerado um mar isolado por não ter nenhuma ligação com outros mares ou oceanos. Nos tempos do Novo Testamento, ficavam nas suas costas a cidade de Tiberíades, por sua vez fundada por Herodes Antipas na época da infância de Jesus —, Cafarnaum, Betsaida, Genesaré e Magdala, entre outras. Hoje Tiberíades é a localidade principal nas margens do lago. A nordeste deste lago ficam os colinas de Golã.

Onde Jesus andou sobre as águas

Muita coisa aconteceu aqui no tempo de Jesus. Vamos entender o que eram as margens do lago na época. Era um lugar muito pobre da Judeia. Havia povoamentos em torno do lago e muito comércio e transporte por barco. E muita gente passava por dificuldades

Os evangelhos de Marcos (Marcos 1:14-20) e  Mateus (Mateus 4:18-22) descrevem como Jesus recrutou quatro dos seus apóstolos nas margens do lago de Genesaré: o pescador Pedro e seu irmão André, e os irmãos João e Tiago.

Marcos 1:14-20

E, depois que João foi entregue à prisão, veio Jesus para a Galiléia, pregando o evangelho do reino de Deus,
E dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho.
E, andando junto do mar da Galiléia, viu Simão, e André, seu irmão, que lançavam a rede ao mar, pois eram pescadores.
E Jesus lhes disse: Vinde após mim, e eu farei que sejais pescadores de homens.
E, deixando logo as suas redes, o seguiram.
E, passando dali um pouco mais adiante, viu Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, que estavam no barco consertando as redes,
E logo os chamou. E eles, deixando o seu pai Zebedeu no barco com os jornaleiros, foram após ele.

Comments

comments

Did you like this? Share it:

Sobre o Autor:

Leave A Comment