O Melhor de Luxor

Home/Destinos/África/Egito/Luxor/O Melhor de Luxor

O Melhor de Luxor

O Melhor de Luxor

Mil anos após a construção das Grandes Pirâmides, o Novo Reino surgiu no Egito, e o poder passou da antiga capital de Mênfis para Tebas, no Sul, hoje o local da moderna Luxor.

Enriquecido com ouro extraído nos desertos da Núbia e transportado para a cidade às margens do rio Nilo, Tebas tornou-se o centro cultural e político do país. Hoje, a cidade de tamanho médio Luxor é conhecida como o “maior museu ao ar livre do mundo” e é um dos destinos de viagem mais populares do Egito.

Templo de Luxor

Fica no centro da cidade, fornece uma boa introdução aos locais históricos da região. Os pilares e colunas da ruína levam cerca de uma hora para explorar e apreciar.

Museu da Mumificação

Este museu ajuda os visitantes a entender a preocupação do antigo Egito com a morte. Várias múmias bem preservadas estão em exposição, assim como os artefatos usados no processo.

Museu de Luxor

Fica mais ao norte. Este museu exibe estátuas e itens funerários desenterrados de túmulos e templos próximos.

Vale dos Reis

Na margem oeste do Nilo, em Luxor, os faraós construíram túmulos entre as colinas circundantes, criando uma vasta necrópole que ficou conhecida como o Vale dos Reis. Mais de 60 túmulos reais estão aqui, incluindo o local do enterro de Tutancâmon.

Karnak

Na margem oriental do Nilo fica Karnak, um complexo de monumentos, templos e pilões projetado para celebrar o poder dos faraós e seus antigos deuses.

Embora todo o complexo de Karnak consista em quatro partes principais, a estrutura principal conhecida como o Templo de Amon é a única que está aberta ao público em geral.

O maior edifício religioso já construído, o salão com pilares do templo é uma floresta de pedra de tirar o fôlego, com 134 colunas que chegam a 21 metros (69 pés). O jogo de sol e sombras no Templo de Amon certamente encantará qualquer visitante que venha explorar a antiga Luxor.

 

 

 

Comments

comments

Did you like this? Share it:

Sobre o Autor:

Leave A Comment