Montanha Russa Expedition Everest

Montanha Russa Expedition Everest – Em sua classica descida

Montanha Russa Expedition Everest é a montanha russa mais moderna da Disney World Orlando fica no parque Animal Kingdom. Trata-se da Expedition Everest, na qual os visitantes simulam uma expedição pelo Monte Everest, o pico mais alto do mundo. O nome completo é Expedition Everest – Legend of the Forbidden Mountain. Não se assuste: ela é mega alta e rápida, com um cenário realmente bem bolado. Se concentra em uma montanha de “neve” e são várias as surpresas que você passará estando dentro do carrinho nessa atração do Disney Animal Kingdom Orlando. Já pensou dar de cara com Yeti, o abominável homem das neves?


Classificada como uma montanha-russa de aço, foi construído por Vekoma. Ele está listado no livro de 2011 do Guinness World Records como a montanha-russa mais cara do mundo. Para se ter uma ideia, incluindo sets e extras, seu custo total foi de US $ 100 milhões para seis anos de planejamento e construção. Curiosidades a parte, é a mais alta montanha artificial em todos os parques da Walt Disney.

O passeio começa tranquilo até que, de repente, o trilho aparece destruído e ninguém sabe para onde ir. De repente, a figura do monstro das neves Yeti aparece e, após um tranco, o trenzinho despenca para trás. Na sequência, uma descida seguida de curva só contribui para que a gritaria continue.

Montanha Russa Expedition Everest ao fundo

Renato Wilt Cliente de Ponta Grossa  – Novembro de 2009

Aventure-se nessa montanha-russa incrível! Não deixe de, ao final, ver a sua foto do melhor momento da atração.

Para Saber Mais…

O yeti é a maior e mais complexa figura audio-animatrônica já construída pela Walt Disney Imagineering. Tem 25 pés (7,6 m) de altura. Sua “pele” mede 1.000 pés quadrados (93 m2) e é mantida no lugar por 1.000 encaixes e 250 zíperes. Seu movimento é controlado por 19 atuadores quando funcionando em modo “A”, seu modo completo de operação. No modo “A”, ele pode mover 1,5 m na horizontal e 18 na vertical. Os rugidos do yeti são fornecidos pelo dublador Fred Tatasciore. Poucos meses após a inauguração, em 2006, o enquadramento da figura do yeti se dividiu, ameaçando um mau funcionamento catastrófico, caso fosse operado ainda mais em “modo-A”. Desde então, tem sido operado apenas na alternativa “modo B”, em que um efeito de luz estroboscópica é usado para dar a aparência de movimento, ganhando o apelido de “Disco Yeti” por alguns fãs.

Especula-se que o problema tenha sido causado por danos na estrutura da base de concreto do yeti, que provavelmente não será reparada até uma grande reforma em um futuro distante, porque o projeto limita o acesso ao yeti sem uma grande desmontagem da superestrutura. Há rumores de que o problema com o concreto tenha ocorrido devido a uma falha no software de programação 4-D que impediu a cura adequada de uma porção da fundação do Yeti antes da fabricação de elementos de montanha e pista de montanha-russa.  Joe Rohde, o Imagineer responsável pela construção da atração e Animal Kingdom, foi questionado sobre o yeti na Expo 2013 da D23. Rohde respondeu: “Você tem que entender, é uma máquina gigante e complicada que fica no topo de uma torre de 46 metros no meio de um prédio acabado. Então, é realmente difícil de consertar, mas estamos trabalhando nisso. E nós continuamos a trabalhar nisso, nós tentamos várias ‘coisas’, nenhuma delas chega à chave, girando a torre de 40 pés dentro de um prédio acabado, mas nós estamos trabalhando nisso … eu vou consertar o Yeti algum dia, eu juro “.

Vamos Viajar?

Logo para Naiade - Naiade Preto e Branco para site
Convido você a conhecer a Naiade Viagens. Diferente de verdade, a empresa é admirada por seus clientes. Considerada no mercado como uma das primeiras Love Brands brasileiras, muitas das viagens da Naiade são personalizadas e os grupos mundo afora são especiais e únicos.

Comments

comments

Did you like this? Share it:

Sobre o Autor:

Leave A Comment