Maceió

Maceió

Alagoas – Maceio – Anne e Marcos de Naiade em novembro de 2015

Vamos falar de Maceió, usando como comparação outras capitais do nordeste. Por exemplo, já disse aqui em MundodeChico.com que Natal é uma Disneylândia no nordeste. Que para quem gosta de passeios com emoção,  lá estão um série deles onde você sobe e desce de dunas, bugies e até camelo.

mundodechico-em-alagoas-praia-de-ipioca-wesley-menegari-cbmPraia de Ipioca – Maceio foto de Wesley Menegari

Serve então para um tipo de família, viagem. Fortaleza, além das dunas tem falésias, parques e por ai vai. Agora Maceió, ao seu redor tem uma infinidade de praias bonitas por todos os lados. Abaixo descrevemos passeios para fazer na própria cidade, também próximos a pouco mais de uma hora dela. Ou seja, que podem ser feitos tipo bate volta. Vamos lá?

Para onde ir em Maceió:

mundodechico-em-alagoas-piscina-natural-da-pajucara-maceio

  • Alugar uma bicicleta para conhecer Maceió pela ciclovia da Praia do Pontal da Barra até a Praia da Jatiúca.
  • Navegar até as piscinas naturais da Pajuçara, o cartão-postal mais antigo de Maceió e que guardam o patrimônio natural de corais. Pessoas com mobilidade física reduzida, a exemplo dos cadeirantes e idosos, contam com três jangadas acessíveis.
  • As piscinas naturais da Pajuçara também são perfeitos spas a céu aberto. Longe da cidade e no meio do mar as massagens e exercícios antiestresse fazem bem ao corpo e à mente.
  • Pontal da Barra, bairro localizado no Litoral Sul de Maceió, é o destino para desvendar os segredos do mais típico artesanato alagoano: o filé, uma renda milenar, tradição passada de mãe para filha. Agora, além das mulheres, os homens também dominam o ofício. Além da arte das renderias, o Pontal da Barra tem o mais belo pôr do sol na Lagoa Mundaú e vários restaurantes de gastronomia regional.
  • Para comprar artesanato ainda tem Feirinha da Pajuçara, Pavilhão da Pajuçara e Guerreiros de Alagoas.
  • Visitar o Mercado do Artesanato no Centro de Maceió também é parada obrigatória. Tem cerâmica, bordados, sandálias de couro, bolsas de palha e, principalmente, as esculturas de palitos de fósforo do artista Arlindo Monteiro.
  • Ainda no Centro de Maceió, uma visita à galeria de arte Karandash, que expõe arte contemporânea e obras dos artistas da cultura popular de Alagoas.
  • No domingo levar a família para um dia de lazer na Praia da Pajuçara. A avenida beira-mar fica fechada para caminhar, pedalar e promover muitas brincadeiras para a criançada.
  • Também aos domingos, na parte alta da cidade, levar a família para o Lazer na Praça do Centenário. A Praça possui espaço para a prática de esportes, cultura e outras atividades de lazer como piquenique. A rua sentido Centro é interditada para a realização de esportes.
  • Pegar onda nas praias de Cruz Almas, Jatiúca, Jacarecica eRiacho Doce.
  • Praias serenas: Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca, Guaxuma, Garça Torta, Mirante da Sereia, Pratagy e Ipioca.
  • No caminho do Litoral Norte saborear os bolos e doces da Praia de Riacho Doce. Tapioca, beiju, grude, brasileira, cocadas, bolo de macaxeira e massa puba, todos fabricados em antigos fornos de barro e lenha.

Para self!

– Mirante Ambrózio Lira:  Localizado na Rua Ambrósio Lira, bairro do Farol, entre as Ladeiras do Brito e dos Martírios. Por ele, observa-se o mar da Praia da Avenida e todo o resto da costa que vai até o Pontal da Barra e o Centro da cidade de Maceió.

– Mirante Chã de Bebedouro: Localizado na Avenida Osvaldo Cruz, estrada de Santa Amélia, no Bairro da Chã de Bebedouro. Boa parta da Lagoa Mundaú pode ser vista de lá.

– Mirante do Cortiço: Por trás do Colégio Santíssimo Sacramento, no bairro do Farol, proporciona a vista do Centro da cidade e parte da Praia da Avenida.

– Mirante Kátia Assunção: Localizado no bairro do Jacintinho, avista-se quase todo o litoral da cidade, desde a Praia de Cruz das Almas até a Praia da Avenida, onde está localizado o porto da cidade.

– Mirante da Sereia: Localizado no litoral norte, na AL 101 norte, está na Praia de Pratagy – Mirante da Sereia. Avista-se o mar de Pratagy, com sua piscina natural, rodeada de arrecifes, onde está localizada a estátua da sereia.

– Mirante de São Gonçalo: Próximo a Igreja de São Gonçalo, no bairro do Farol. Avista-se o Centro da cidade, o mar da Pajuçara e Ponta Verde, o Porto de Maceió e toda extensão da costa sul.

– Mirante de Santa Terezinha: Em frente a Igreja de Santa Terezinha, no bairro do Farol. É possível ver, parcialmente, a Lagoa Mundaú, o Palácio dos Martírios e o Estádio Rei Pelé (conhecido como Trapichão).

Maceió e Alagoas em Mundo de Chico.com:

Maragogi

mundodechico-em-alagoas-ponta-do-mangue-cbm

Veja mais aqui em MundodeChico.com

Piaçabuçu ( foz do rio São Francisco )

Veja mais aqui em MundodeChico.com

#FicaadicadoChico

mundodechico-em-alagoas-orla-maceio-a-noite-sec-turismo-maceio

1 – Quem visita a capital alagoana não pode deixar de caminhar na orla urbana de Maceió, a mais bonita e iluminada do Brasil. Será que é verdade, tire suas dúvidas.

2 – Tome água de coco, saboreie sorvete de cajá, manga, graviola e outros sabores da terra.

3 – No fim da tarde, coma tapioca e aprecie as jangadas no balanço do mar.

Para Saber Mais…

2010-Maceio-Veronica-e-Regina-de-Naiade

Veronica de Naiade em frente ao mar de Maceió
Cliente Naiade de Ponta Grossa

Localizada em um ambiente totalmente litorâneo, Maceió destaca-se pela sua beleza exuberante. Encravada entre os coqueiros, mangues e um belíssimo mar, proporciona a todos que a visitam lindas recordações. Hoje, com aproximadamente um milhão de habitantes, é um dos mais belos pólos turísticos do Brasil, triplicando sua população na temporada de férias. Todos esses turistas são muito bem recebidos e acolhidos pelos hotéis e pousadas distribuídos pelas diversas regiões da cidade  que têm o intuito de fazer com que seus hóspedes se sintam em casa.

As praias são as mais bonitas do Brasil. Toda a orla marítima é enfeitada por coqueiros que dão um toque mágico à paisagem deslumbrante. Algumas das praias ainda são primitivas e deixam os visitantes em êxtase e sem vontade de deixá-las; elas são banhadas por um mar ora verde, ora azul, incomparáveis para o deleite da vista humana.

A capital de Alagoas tem localização privilegiada. Banhada por 15 praias, Maceió destaca-se no cenário nacional e internacional principalmente pela beleza exuberante de suas praias, mas sempre mornas e cristalinas. As areias, brancas e finas, os arrecifes que formam as piscinas naturais e a imensidão de coqueirais completam o cenário paradisíaco.

 

História de Maceió

Remonta o século XVIII, com o surgimento de um pequeno engenho de açúcar. Seu desenvolvimento começou com a chegada de navios, que ancoravam no porto do histórico bairro de Jaraguá, importante porta de entrada para a economia local.om sua arquitetura predominantemente colonial e neoclássica, hoje o velho bairro boêmio está sendo totalmente revitalizado pela Prefeitura de Maceió, para enriquecer o turismo cultural, resgatando a memória e protegendo o patrimônio histórico da cidade. A denominação desse nome, foi derivado da palavra indígena “Macei-o-k” ou “Maçaiyo”, que em tupi significa ” o que tapa o alagadiço”.

Gastronomia

O prazer de estar em Alagoas não se resume apenas a um delicioso banho de mar, mas também a um mergulho nas cores e sabores das maravilhas da culinária alagoana na qual se destaca por sua saborosa e diversificada gastronomia:

FRUTOS DO MAR

Os frutos do mar encabeçam o cardápio alagoano, também são 230 Km de litoral, várias lagoas e rios, produzindo o que há de melhor e saudável em frutos das águas. Sua culinária de peixes, crustáceos, mariscos e moluscos, as carapebas, cavalas fritas, lagostas, camarões cozidos à água e sal, fritada de siri, sururu, maçunim e as tradicionais peixadas com pirão e regadas ao molho de pimenta, merecem ser degustadas.

COMIDAS TÍPICAS: As iguarias de origem indígena e africana, como tapioca, cuscuz de milho, massa puba, arroz doce, batata doce, inhame e macaxeira com carne de sol, beiju, grude de goma, pé de moleque, munguzá, canjica e pamonha costumam ser servidas nos cafés da manhã e da noite.

FRUTAS TROPICAIS: Sem esquecer as deliciosas frutas nordestinas: jaca, manga, mangaba, abacaxi, banana e pitanga, sapoti, pinha, graviola, caju, cajá, acerola e etc… A maioria são transformadas em sucos, sorvetes e doces. Uma tentação dos deuses! Nas praias, é comum saborear um bom caldo-de-cana, água de coco, coquetel de abacaxi(feito na fruta), caldinhos, batidas de frutas tropicais, de sabores inigualáveis.

Vamos Viajar?

Logo para Naiade - Naiade Preto e Branco para site

Convido você a conhecer a Naiade Viagens. Diferente de verdade, a empresa é admirada por seus clientes. Considerada no mercado como uma das primeiras Love Brands brasileiras, muitas das viagens da Naiade são personalizadas e os grupos mundo afora são especiais e únicos.

Comments

comments

Did you like this? Share it:

Sobre o Autor:

Leave A Comment