Escadaria Selarón no Rio de Janeiro

Escadaria Selarón no Rio de Janeiro

 

Escadaria Selarón no Rio de Janeiro – Eu e meu grupo em 2018

Em 1990, Selarón iniciou o trabalho na escadaria que se tornaria um dos cartões-postais da cidade. A escadaria, que fica entre a rua Joaquim Silva, na Lapa, e a rua Pinto Martins, no bairro de Santa Teresa, fica a apenas cinco minutos dos Arcos da Lapa. Obra do artista plástico chileno Jorge Selarón, a escadaria reúne diversos azulejos de várias partes do Brasil e do mundo. Toda colorida, já foi cenário de clipes de U2 e Snoop Dogg, além de ser um local escolhido por cariocas e milhares de visitantes da cidade para fotografias.

Escadaria Selarón no Rio de Janeiro

Quem foi Jorge Selarón?

Jorge Selarón nasceu na comuna de Limache, no Chile, em 1947.Viajou, viveu e trabalhou como pintor e ceramista em mais de cinquenta países ao redor do mundo antes de chegar e decidir se radicar no Rio de Janeiro em 1983. Começou a renovar os degraus por capricho em 1990. Muitas vezes, seu telefone foi cortado e ele foi ameaçado a ser despejado de sua casa devido a incapacidade de pagar despesas básicas de subsistência.

Escadaria Selarón no Rio de Janeiro – Eu em 2018

Vendeu muitos quadros e aceitou doações dos moradores e turistas para continuar seu trabalho. Desde 1977, Selarón alegou ter vendido mais de 25 000 retratos, todos com a mesma mulher grávida que financiou principalmente seu trabalho. Foi um trabalho de amor do artista que residia na mesma casa pela escadaria que ele viveu quando começou o trabalho. Ele estava interessado principalmente pela atenção dada a ele por curiosos e turistas.

Escadaria Selarón no Rio de Janeiro

Selerón era visto de vez em quando na escadaria trabalhando ao dia e contava suas histórias em tom de piada à noite. E foi encontrado morto carbonizado, por razões desconhecidas, em 10 de janeiro de 2013, na famosa escadaria da Lapa, no centro do Rio de Janeiro.

Comments

comments

Did you like this? Share it:

Sobre o Autor:

Leave A Comment

Você é humano?