História da Ilha de Páscoa

Home/Destinos/América do Sul/Chile/Ilha de Páscoa/História da Ilha de Páscoa

História da Ilha de Páscoa

História da Ilha de Páscoa

Acredita-se que os habitantes polinésios da Ilha de Páscoa chegaram à Ilha de Páscoa em algum momento do século 12 dc. Criaram uma cultura próspera e laboriosa, como evidenciam os inúmeros enormes moai e outros artefatos da ilha. No entanto, o desmatamento para o cultivo e a introdução do rato polinésio levaram ao desmatamento gradual. Na época da chegada europeia em 1722, a população da ilha era estimada entre 2.000 e 3.000. As doenças europeias, a invasão de escravos peruanos na década de 1860 e a emigração para outras ilhas como o Tahiti esgotaram ainda mais a população, reduzindo-a a um mínimo de 111 habitantes nativos em 1877.

Curiosidades sobre a Ilha de Páscoa

Ilha de Páscoa – João e Letícia de Curitiba – Lua de Mel – 2018

Ilha de Páscoa ou a também conhecida Rapa Nui faz parte do Chile, e até o momento que escrevia este texto não tive como descobrir as razões para ela pertencer ao nosso país vizinho, pois praticamente está no ponto mais ao sul do Triângulo Polinésio da Oceania.

A ilha de Páscoa é governada como um território especial do Chile, que a anexou a ilha em 1888. E segundo o censo chileno de 2017, tinha registrados 7.750 habitantes, dos quais cerca de 60% são descendentes dos indígenas Rapa Nui.

A Ilha de Páscoa é uma das ilhas habitadas mais remotas do mundo.

Comments

comments

Did you like this? Share it:

Sobre o Autor:

Leave A Comment

Você é humano?