Cervejas no Caribe

Cervejas no Caribe

Imagem para MDC - Cerveja Balashi ArubaCervejas no Caribe

Da última vez, escrevi enquanto visitava a região de Champagne, na França. Falei sobre minha experiência em visita pelas Caves francesas, da minha emoção de provar a bebida dos reis na origem.

Muitas pessoas gostaram e resolvi repetir a dose. Direto do meu cruzeiro pelo Caribe, desta vez, não falarei de vinhos tintos e nem de brancos. Quero compartilhar com vocês as minhas impressões sobre como é divertido fazer turismo, degustando cervejas locais. Afinal, nem todos os países produzem vinhos, mas boa parte deles produz boas cervejas. Sim ou não, o que vale é degustar e comparar.

Pelas imagens captadas em viagem, veja que provamos cervejas de Aruba, Curaçao, Venezuela e Colômbia. Vamos lá? Na Venezuela e por todo Caribe, provamos vários tipos de cervejas produzidas pela ‘Polar’, uma das maiores empresas de bebidas e alimentos do país. A companhia produz cinco marcas diferentes de cerveja, com ligeiras variações de ABV. O quê? ABV? O que é isto?

Em tempo: ABV (Alcohol by Volume, ou álcool por volume) significa a medida de álcool adicionado nas cervejas. Quando o ABV varia de 0,5 a 2,0%, dizemos que a cerveja tem baixo teor alcoólico. Entre 2,0 e 4,5% de médio teor, e acima de 4,5%, de alto teor alcoólico. No caso das nossas degustações, as mais apreciadas foram a “Solera” (6% de ABV) e a “Polar Pilsen” com 5% de ABV. Para você fazer uma comparação, nossa ‘Skol’ tem 4,7 de ABV.

Nas Antilhas Holandesas, conferimos a famosa “Amstel”. A curiosidade fica por conta do menor tamanho da garrafa, também usado pela ‘Heneiken’. Faltou algo mais exótico? Não deixamos de provar a cerveja feita com água do mar – dessalinizada, a “Amstel Bright”.

Em Aruba, também tem uma cerveja famosa: a “Balashi”, que faz questão de expor na garrafa as medalhas conquistadas em concursos de cerveja internacionais. As viagens continuam… Mas não somente as viagens, as degustações internacionais também continuam! Em nova coluna, brevemente, pretendo escrever sobre ‘a meca sul americana do vinho’: Mendoza, Argentina! Até lá!

Para Saber Mais…

Este foi um texto publicado como coluna, em uma revista ou jornal.

Título Original: DE CERVEJA EM CERVEJA PELO CARIBE

Data/Edição: Agosto 2013

 

Comments

comments

Did you like this? Share it:

Sobre o Autor:

Leave A Comment

Você é humano?