Como começamos a colocar carros em nossas histórias. Que tal ampliar nossos horizontes sobre esta paixão mundial? Desta vez, quero falar com você a respeito de beleza. E como estamos falando de carros, lembremos que a indústria automobilística leva o quesito às últimas consequências, fazendo do design o principal motivo de compra de um carro. Veja abaixo uma lista dos 10 carros mais bonitos já feitos na história.

1º – Lamborghini Miura – Produzido entre 1966 e 1972, ( eu nasci em 1971 ) o modelo tinha uma excelente performance. Com capacidade para dois lugares, vinha com motor central,  montado transversalmente, de 3.929 cm³ V12. Seu desenho tinha a assinatura de Marcelo Gandini, do estúdio Bertone. O cupê roubou a cena no Salão de Turim em 1965.

2º Chevrolet Stingray – O modelo fez fama em todo o mundo. Ganhou o nome Stingray somente na segunda geração do Corvette, desenhada por Larry Shinoda e vendida entre 1963 e 1967. Seu motor inicial era um 327 300 cv, mas podendo chegar a incríveis 360 cv. Mas de olho no Shelby Cobra (V8 de 425 cv) da Ford, a Chevrolet foi obrigada a introduzir um novo motor (6.478 cm3), que produzia 425 cv e um torque de 55 mkgf.

3º Mercedes SL 300 – Era baseado em uma versão de rua do primeiro SL 300 (W 194) de corrida. Revolucionou o sistema de abertura das portas no modelo coupé para encobrir parte do chassi tubular. Por conta disso, a Mercedes criou dobradiças no teto do veículo com amortecimento por mola a gás, cuja forma lembrava asas de gaivota quando abertas.

4º Ferrari 250 GT – O esportivo ficou famoso no clássico filme “Curtindo a Vida Adoidado”, de 1986. Foi feito entre 1959 e 1962 e tinha um V12 de três litros e 280 cv, com carroceria assinada pelo estúdio italiano Pininfarina. Tamanha potência, com o peso de apenas 1.066 kg, fazia do 250 GT um verdadeiro monstro no asfalto.

5º Porsche Carrera GT – O Carrera GT foi lançado no Salão do Automóvel de Genebra de 2003. Este foi o primeiro carro de produção limitada lançado pela Porsche desde o lançamento do 959, em 1983. Suas linhas clássicas remetem a outro mito: 911, fato que encanta aos mais puristas da marca germânica. Equipado com um super motor V10 de 5733 cm³, associado a uma caixa de transmissão manual de seis marchas, o esportivo alemão tem potência de 612 cv, disponíveis a 8.000 rpm.

6º Audi TT – O modelo causou furor no Brasil, em outubro de 1998, com chegada triunfal de helicóptero ao Salão Internacional do Automóvel de São Paulo. Em sua segunda geração, o esportivo foi eleito o carro mais bonito do mundo, em um concurso feito revista alemã Auto Bild, com votação aberta aos leitores, graças a maestria do designer Walter de Silva, que na época era responsável pela área de estilo da Audi.

7º BMW Z3 – Outro esportivo de grande sucesso, foi o Z3 que ganhou fama também no filme “007 Contra GoldenEye”, em 1995. Com um custo de projeto de US$ 3 milhões, a montadora alemã viu o retorno de US$ 240 milhões apenas em vendas antecipadas. Um mês depois da estréia do filme, foram mais de 9 mil encomendas do veículo. O roadster tinha mais beleza do que motor, já que a primeira unidade vinha com um raquítico 1.9 litro de 140 cv.

8º Alfa Romeo 8C Spider – Quando se fala em Alfa Romeo, sem dúvida o 8C Spider é o objeto de desejos dos amantes da fábrica milanesa. Resgatando o nome original do modelo da década de 30, o esportivo surgiu como um carro-conceito no Salão de Frankfurt, em 2003. Seu desenho vem do estúdio de design Pininfarina. O Alfa Romeo 8C esconde debaixo do seu capô um motor V8 Ferrari de 450 cv, associado a uma caixa automática de seis marchas.

9º Aston Martin DB5 – Um dos modelos mais emblemáticos da marca, o DB5 fez muito sucesso nos filmes do 007. O modelo de 1963 do filme “007 contra Goldfinger”, de 1964, é cultuado até hoje. Substituto do DB4, trouxe inovações como o câmbio manual de cinco velocidades da ZF, freios a disco hidráulicos e vidros elétricos. Neste ano, o esportivo completou 50 anos.

10º Ford Mustang 1964 – É considerado o primeiro “muscle car”. Inicialmente era uma variação do Falcon e logo ganhou a sua própria identidade. Começou a ser produzido em Dearborn, Michigan, no começo de 1961 e apresentado ao público em 17 de abril de 1964 durante a New York World’s Fair. Apesar de várias mudanças ocorridas, o esportivo continua com as mesmas características que fizeram dele um ícone. O nome Mustang vem de uma raça de cavalo selvagem.

Comments

comments

Did you like this? Share it: